OPINIÕES DO SR. ADNAN OKTAR SOBRE O POVO DO LIVRO 1

1 - ALIANÇA DO ISLÃ COM O POVO DO LIVRO

ENTREVISTA DE ADNA OKTAR AO JORNAL AL-QUDS (Jerusalém)
(17 de novembro de 2008)


ADNAN OKTAR: Por um lado, o fato de haver Cristãos e Muçulmanos no mundo é uma grande bênção para os Muçulmanos. Para que haja necessidade de ter havido qualquer outra. Eles poderiam ter sido ateus, pessoas sem religião. Mas Alá concedeu a bênção da fé neles, e os Cristãos sentem um profundo amor pelo profeta Jesus (a paz esteve com ele) e os Judeus para com o profeta Moisés (a paz esteve com ele). Essas religiões têm sido distorcidas, é claro, e o Alcorão tem dito aos membros dessas religiões sobre deficiências decorrentes dessas distorções. As lacunas e deficiências no cristianismo e no judaísmo são reveladas no Alcorão. Portanto, os Cristãos são nossos irmãos porque eles são da antiga religião do Islã. Devemos tratá-los com amor e carinho. Temos de evitar qualquer comportamento que possa excluí-los. Devemos lutar ombro a ombro com eles contra o Darwinismo e o ateísmo.

ENTREVISTA DE ADNA OKTAR AO JORNAL AL-QUDS (Jerusalém)
(17 de novembro de 2008)


... Cristãos devotos amam Muçulmanos. O fato de que eles acreditam em Alá, a aguardar o profeta Jesus (a paz esteve com ele), amam a Maryam e os outros profetas, significa que abrigam um profundo amor para os Muçulmanos. Então o que precisa ser feito é para o povo devoto em todo o mundo, para abraçar um ao outro muito bem. Há duas forças no mundo. Há aqueles que não acreditam em Alá, e há aqueles que acreditam nele. Há uma luta entre os amigos e inimigos de Alá. Vamos nos juntar com os amigos de Alá...

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR'S PARA KARADENIZ TV  
(20 de fevereiro de 2009)


ADNAN OKTAR: a Maçonaria não tem uma atitude única contra os Muçulmanos, porque os Judeus religiosos de Israel também estão chorando amargamente. Há Judeus de outras partes do mundo com quem eu estou em contato e eles não podem andar por aí vestindo um Quipá. Eles são insultados, difamados e espancados. Eles não podem viajar livremente, porque há imposição sobre eles em muitas partes do mundo. Cristãos piedosos também estão em circunstâncias semelhantes, por exemplo, uma freira pode andar por aí em algumas regiões da Itália, mas ela não pode viajar em muitos lugares, sem restrição. Eles querem insultar ou ofendê-la, ou ela é zombada. É ainda mais difícil de viajar em outras partes do mundo. Basta considerar um homem com roupa clerical, que ele iria enfrentar o sofrimento incrível.

Isto significa que há um plano sionista ateu para dividir, oprimir e acabar com os religiosos. Os sionistas ateus e maçons têm um plano. Este é o plano para erradicar a todos os crentes em Alá/Deus de toda a Terra, pois Satanás não é apenas contra o Islã, mas também contra todos os crentes em Alá/Deus. Este é o objetivo de satanás.

Portanto devotos Cristãos e Muçulmanos devotos devem se unir contra os infiéis, os ateus e maçons. Se não obtivermos unidos, vamos enfrentar a aliança de Maçons. Eles estão unidos contra nós, assim como os sionistas ateus. No entanto, os crentes estão divididos. Nesse caso, o poder poderia prevalecer. Considere que todos os muçulmanos oprimidos em várias partes do mundo se reúnem juntamente com os devotos Judeus  e devotos Cristãos. Que poder resistiria contra essa aliança! Então, devemos estar do lado da unidade, que é muito importante que os crentes protejam e vigiem o outro.

2 - EXPECTATIVAS DO ISLAM NO POVO DO LIVRO

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR PARA IRAN TV
(Istambul, Outubro de 2007)

ADNAN OKTAR: Abordagem do Cristianismo para com os Judeus não é tão agradável como descrito na Bíblia, mas o Alcorão nos diz que devemos sentir afeto pelo povo Judeu, para os Judeus. Devemos sentir amor para os Judeus em geral. Quero dizer, se alguém é um Judeu genuíno e sinceramente quer viver a sua fé, ele é um das Pessoas do Livro. E se alguém quiser, pode se casar com uma dessas pessoas, casar-se com suas mulheres. Pode-se comer com eles e ter relações comerciais e sociais com eles, e vivem na mesma parte da cidade. Nós podemos viver como irmãos. Nesse sentido, o amor para com os Judeus é uma obrigação religiosa. Isso é muito normal e útil, o próprio ato de adoração. Mas o perigo real, e o problema que enfrentamos, é que os Judeus descrentes apresentam-se como devotos e tentam dominar o mundo, sob a influência de Satanás e suas ligações com a maçonaria. Caso contrário, nenhum mal vem de alguém devoto, Judeus sinceros, que apenas vivem de acordo com sua própria religião. Eles procuram cumprir os mandamentos da Torá e o Islã os protege.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR COM A AGÊNCIA DE IMPRENSA DO ORIENTE MÉDIO (EGITO)
(Istambul, 6 de setembro de 2008)


ADNAN OKTAR: Os comandos sobre o Povo do Livro são definidos muito claramente no Alcorão. A ações e Sunnah do nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) também são muito claros. O Povo do Livro são nossos irmãos. Armênios, Judeus, Ortodoxos, Protestantes, o mundo Cristão, em outras palavras, são todos nossos irmãos. Nós acreditamos no mesmo Deus. Alá é o mesmo Deus no mundo Judaico, no mundo Cristão e no Islã. Todos eles têm as mesmas crenças básicas, razão pela qual a existência do Povo do Livro é uma bênção. Em outras palavras, é uma grande bênção que não sejam sem-religião, ou parte de algum outro movimento herege, mas na verdade são o Povo do Livro. Não há nada para alarmar os muçulmanos nisto, é perfeitamente razoável. Porque Alá diz no Alcorão que o Povo do Livro existe. Eles irão fazer coisas boas e Muçulmanos vão fazer coisas boas. Eles são um povo com quem podemos viver como irmãos, com conversa, comer e beber juntos, ou mesmo até se casar com uma garota Cristã ou Judia e viver uma vida inteiramente normal social com eles. Eles também são confiáveis. Se uma mulher se torna esposa de alguém, se ele tem filhos com essa mulher, e que vivam juntos na mesma família, isto significa uma amizade muito forte e amor.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A ART TV (USAK)
(Istambul, 19 de agosto de 2008)


ADNAN OKTAR: ... do ponto de vista do Islã não é apenas o bem-estar dos muçulmanos, mas também a do Povo do Livro e dos aliciadores, porque eles serão protegidos. Eles também precisam ser protegidos. Alá informa em um verso, eu busco refúgio em Alá, de Satanás: "Então, encaminhá-las para um lugar onde eles estarão seguros." Alá nos ordena a acompanhar e protegê-los. Este verso é para aliciadores, assim Alá nos instrui a protegê-los, mesmo que sejam pagãos. Os muçulmanos estão sob a obrigação de proteger as suas vidas. Portanto laicismo é imperativo para ter cada um deles como cidadãos de primeira classe. Isto não está aberto à discussão. É um requisito para o Islã.

3 – ARMÊNIOS SÃO POVO DO LIVRO E NOSSOS IRMÃOS

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR AO AZERBAIJAN NOVOYE VREMYA
(6 de outubro de 2008)


Os armênios são o Povo do Livro. Eles adoram o Profeta Jesus (a paz esteve com ele). Eles adoram Abraão, Isaac e Jacó e todos os profetas (a paz esteja com todos eles). Eles amam e respeitam a Alá. Eles crêem na vida após a morte, então porque temos sido separados deles? Vamos abrir a fronteira para cima, Oxalá. Eles serão capazes de estabelecer as ligações que desejam com a Turquia. Vamos abrir as escolas e instalações na Armênia, e eles vão vir trabalhar aqui. Nós vamos limpar o caminho para o Azerbaijão. Armênios, Azeris e Turcos vão viver lado a lado, na facilidade e como irmãos. Eles vão restaurar o território Azeri que foi ocupado, Oxalá. Eles vão dar a essas terras de volta para o Azerbaijão. E vamos colocar um fim a este conflito, Oxalá.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR  PARA A AGÊNCIA APA NEWS (AZERBAIJÃO)
(16 de agosto de 2008)


ADNAN OKTAR: armênios também acreditam em Alá/Deus. Eles acreditam em todos os profetas. Eles acreditam em Jesus e Moisés e Abraão (que a paz esteja com todos eles) e na vida após a morte, então o que mais se pode pedir, o que poderia ser melhor? Eles são o Povo do Livro. E eles são inocentes, pessoas de arte que são dedicados a Deus. Eles trabalham com essa mentalidade. É assim que estavam todos no período Otomano. Os Armênios eram todos artistas, cientistas e médicos. Mas, então, uma corrupção criada por Darwinistas sufocou tudo. A corrupção de racismo. A mentalidade do Comitê de União e Progresso. Atualmente eles foram preenchidos de ódio pela nação durante um século. Mas a corrupção do Darwinismo foi eliminada, e temos enterrado o Darwinismo em si, graças a Alá. No mundo atual, resulta em falácias de tal forma que a partir de agora a idade da fraternidade vai começar Oxalá.

4 – CRENÇAS COMUNS E VALORES DOS MUÇULMANOS E O POVO DO LIVRO

ENTREVISTA AO VIVO COM ADNAN OKTAR PARA KAÇKAR TV
(22 de janeiro de 200)


ADNAN OKTAR: Um dos princípios em comum entre Muçulmanos e o Povo do Livro -  antes de tudo - é a fé em Alá/Deus. Há um consenso na crença entre Céu e Inferno e acordo na crença em anjos e em todos os profetas. Eles têm fé em todos os outros profetas que o profeta Maomé (que Alá o abençoe e lhe dê paz). Também aceitamos todos eles, acredito que todos e tenham fé em tudo. Eles também têm o lícito e ilícito e a maioria deles são os mesmos. A única diferença é que a carne de porco e  o vinho são aceitáveis no Cristianismo, enquanto a carne de porco é ilegal no Judaísmo e o vinho é considerado hediondo. Por exemplo, há a circuncisão no Judaísmo tão bem e há muitos aspectos, descrições e explicações na Torá, que estejam em conformidade com a orientação dos Profetas (que Alá os abençoe e lhe dê paz), como roupas e costumes. Isto é importante em termos de uniformidade, mas o problema só com o Cristianismo é a doutrina da Trindade. Sua fé rompe Deus em três: Deus, o Espírito Santo e o Profeta Jesus (a paz esteve com ele). Isto é totalmente errado e Alá adverte sobre isto no Alcorão e nos informa que há um Único Deus. Porque o Profeta Jesus (a paz esteve com ele) é servo de Deus que come, dorme e reza; vemos isso na Bíblia, bem como no Alcorão. Ele continuamente reza a Deus na Bíblia; que Deus ora a Deus? Ele fica com fome, sede, ele precisa dormir e ele faz isso. Será que Deus dorme, poderia haver um instante em que Deus dorme?

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A AZERNEWS (AZERBAIJÃO)
(23 de outubro de 2008)


ADNAN OKTAR: o Judaísmo é também uma forma antiga de religião Islã, mas com a revelação do Islã a religião tornou-se o real o Islã e a outra foi abolida. Islã, a religião trazida por nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) é a principal fé. Mas a sua conformidade com sua própria lei também é aceitável no Alcorão, uma vez que Alá diz que o Povo do Livro existe. Chamamos-lhes ao Islã, mas mesmo se não se tornem Muçulmanos, eles ainda são o Povo do Livro. Porque eles são leais à lei do profeta Moisés (a paz esteve com ele). O Cristianismo é fiel à lei do Profeta Jesus (a paz esteve com ele) e sobrevive como uma comunidade dedicada a ele. Chamamos-lhes o Povo do Livro. Os muçulmanos podem se casar com eles, tomar as suas filhas como esposas. Um come sua comida, carne que prepararam. Você pode comer o que os Judeus prepararam. Você pode ir para a casa deles e comer com eles. Podem ser seus convidados e falar com eles, você pode se hospedar em suas casas, e eles podem se hospedar com você. O que significa isso? Este é um vínculo de amizade e fraternidade ...

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A KARADENIZ TV
(10 de fevereiro de 2009)

ADNAN OKTAR: Por exemplo, eles têm fé somente em Deus, oram e jejuam, eles são meticulosos sobre a modéstia e cumpridor das lícitas e ilícitas. Tanto o Cristianismo e o Judaísmo são interligados com o Islã. Eles têm vários aspectos distorcidos e sem estes, seria uma religião do Islã também. Eles vão cumprir o Alcorão e seguir o Alcorão, mas ainda não. Quando o Profeta Jesus (a paz esteve com ele) vir, Judeus e Cristãos vão respeitar totalmente o Alcorão, Oxalá. A circuncisão das crianças é um serviço religioso realizado por milhares de anos entre os Judeus. É a mesma coisa no Islã, todas as crianças nascem não-circuncidadas, então são circuncidadas.

ENTREVISTA COM ADNAN OKTAR AO JORNAL DA CRIMÉIA
(14 de novembro de 2008)


ADNAN OKTAR: Estes são todas as coisas corrigíveis, porque uma vez que os principais dogmas e princípios de fé são sustentáveis, outros podem de alguma forma ser retificados. No entanto, isto se tornará mais explícito e evidente com o aparecimento do Profeta Jesus (a paz esteve com ele) e Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele). E tudo será colocado em ordem.

Armênios são um povo separado de nós, a sua religião também é diferente. Alá os criou assim. Por exemplo, Alá informa que haverá diferenças de religião também. Alá nos informa no Alcorão que não existe apenas uma religião, mas também Cristãos e Judeus. Mesmo Sabeans e os pagãos são mencionados no Alcorão, assim como muitos outros tipos humanos e povos. Estes já foram explicados no Alcorão e Alá nos avisa das leis que temos para com eles. Alá nos diz para ter compaixão por eles e preservar os pagãos, mesmo quando vão de um lugar para outro, há um verso sobre isso. Mesmo que essas pessoas são idólatras, Alá nos mantém responsabilidade da sua  chegada em segurança. Leve em conta a época do Profeta (a paz esteve com ele) quando houve a guerra, e apesar disto Allá mandou protegê-los. Existem diferentes religiões, isso é normal já que Alá as criou. Mas teremos compreensão, compaixão e bondade para todos eles. Nós estaremos cuidando e protegendo. Certamente haverá unidade entre os Muçulmanos na União Turco-Islâmica porque este é um mandamento de Alá e vamos ter laços de fraternidade. Como Deus diz no versículo que "Nós nos criamos como nações”, nenhum Muçulmano é capaz de se opor a isso. Ele vai dizer que Alá nos criou como nações e ele irá agir conforme necessário. Não há lugar para a discussão aqui.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A PATRONLAR DÜNYASI
(13 de outubro de 2008)

ADNAN OKTAR: Israel é da linhagem dos profetas, da linhagem de Abraão, Isaac e Jacó (que a paz esteja com todos eles). Eles são um povo santo, os Judeus, muito inteligentes e muito bem-educados. Eles são muito cuidadosos sobre o que é lícito e ilícito. Eles temem a Deus. Eles amam a Deus e crêem em Sua unicidade. Eles são exigentes em sua adoração, e é seu direito ser feliz.

ADNAN OKTAR: ... são pessoas que têm conservado os traços de educação Otomana, que se mantiveram em suas famílias. E essas pessoas, o Povo do Livro, acreditam na unicidade de Deus. Eles temem e amam a Deus e são cuidadosos sobre o que é lícito e ilícito. Por isso é que os Maçons criam inimizade com os Judeus.

5 – COMO DEVEM SER AS PERSPECTIVAS DOS MUÇULMANOS PARA COM O POVO DO LIVRO?

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A MAVI KARADENIZ TV
(10 de fevereiro de 2009)


ADNAN OKTAR: Isto tem dois aspectos, nós amamos os Cristãos e Judeus como nossos irmãos e temos compaixão por eles. Eles são o Povo do Livro, nós respeitamos suas crenças. Eles vão para suas igrejas e os outros para suas sinagogas e nós os  mantemos em alta estima. Mesmo que nós nos casemos com as mulheres (Cristãs/Judias), os convidaremos para as nossas casas, comeremos comida deles ou eles virão e comerão nossos pratos. Mas, em termos de fé, por exemplo quando se trata de crença na trindade não dizemos que é bom. Explicamos a eles que trindade está errada. Chamamos a um Deus e dizemos a eles que não acreditam no que afirmam. Se eles tentarem dominar-nos a este respeito, então nós não atribuiremos um defensor da doutrina da Trindade como um administrador. Desde que nós tenhamos crenças opostas, nós não aceitaremos isso. Mas se não há conflito em nossas crenças, então nós temos respeito por essa pessoa.

Nós não iríamos deliberadamente atribuir esse posto para intervir na nossa fé e nos maltratarem. Além de termos um grande respeito por eles, vamos mostrar-lhes todo o tipo de consideração, carinho e respeito. Há uma indicação a isto no Alcorão, existe um verso sobre isso, mas as pessoas não o interpretam bem. Eles assumem ódio contra os Cristãos ou Judeus, mas isto não está correto. Nós não somos obrigados a obedecê-los sobre este assunto e também em relação a questões de fé. Quando algumas pessoas mencionam o diálogo, se pretende dizer que o Cristianismo é a religião verdadeira e  está em vigor, ou que o Cristão encontrou a religião verdadeira, o que está errado. Se eles dizem que o Judaísmo é a religião verdadeira e Islã é uma religião verdadeira, também, e pode-se escolher a que ele quiser, então isso é errado. Isto é claramente indicado no Alcorão, Alá diz que "Para Deus a religião é o Islam." (Surata Al-Imran, 19). Existe apenas uma religião verdadeira. Cristianismo e Judaísmo foram distorcidos, mas eles ainda mantêm todas as características das religiões verdadeiras em sua raiz principal em larga escala.



6 – QUAL DEVERIA SER A PERSPECTIVA DOS MUÇULMANOS QUANTO AO JUDAÍSMO e ANTI-SEMITISMO?

ENTREVISTA AO VIVO DE ADNAN OKTAR AO KAÇKAR TV
(22 de janeiro de 2009)


REPÓRTER: Caro professor, porque é anti-semitismo, uma espécie de racismo que é totalmente contra o Islã?

ADNAN OKTAR: Temos amor para com os descendentes dos profetas, sentimos carinho para com os filhos do Profeta Abraão (a paz esteve com ele). O nosso Profeta (a paz esteve com ele) é da linhagem do Profeta Abraão (a paz esteve com ele) e por isso é Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele). Abdul-Qadir Gilani, bem como todos os grandes Imams, é descendente do profeta Abraão (a paz esteve com ele). É por isso que não podemos ter nenhuma inimizade ou animosidade contra a linhagem de profetas. Isso só poderia ter um lugar em um espírito do mal e nos maus pensamentos. Nós somos contra o sionismo ateu, caso contrário, nós amamos os Judeus piedosos com grande compaixão. Nós também sentimos carinho e ter amor por eles, porque eles são a linhagem dos profetas. Nesse sentido, pode não ter nenhuma oposição ou animosidade em relação a eles, porque seriam ilegal e que não tem lugar no Islã. Pelo contrário há proteção, abrigo e carinho no Alcorão e somos obrigados a agir dessa forma. Eles certamente irão praticar a sua religião como eles gostam e que é o mesmo para os Cristãos também, e nós podemos ter apenas uma participação positiva no que diz respeito, não uma negativa.

7 – MUÇULMANOS E O POVO DO LIVRO VIVERÃO COMO IRMÃOS NA ERA DE HAZRAT MAHDI (pbuh)


ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR AO JORNAL AL-QUDS (JERUSALÉM)
(17 de novembro de 2008)


ADNAN OKTAR: Jerusalém é um dos primeiros lugares que eu quero ir, até agora eu não deixei o meu país uma vez. Eu nunca estive no estrangeiro e é aí que quero ir na primeira vez que viajar para fora do país. Meca, Medina e Jerusalém são os três locais importantes para mim.

... Mas é Jerusalém que, no entanto, pertencerá aos muçulmanos ao final. Eu estou dizendo isso como o hadith do Profeta (a paz esteve com ele). Jerusalém irá desfrutar massas de Muçulmanos de ponta a ponta em toda a região no momento do Mahdi (a paz esteve com ele) e na aparência do profeta Jesus (a paz esteve com ele). Teremos irmãos Judeus e Cristãos ali conosco, mas os Muçulmanos terão a liderança espiritual lá. Eles vão todos viver em fraternidade e amizade.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A KARADENIZ TV
(3 de abril de 2009)


ADNAN OKTAR: No momento de seu aguardado Messias, isto é Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele), haverá grande salvação e esplendor. O palácio do profeta Salomão (a paz esteve com ele) será construído lá Oxalá da forma mais magnífica. Isso vai ser o próximo à mesquita Al-Aqsa, onde existe uma vasta área. Ele será construído em sua beleza original e glória. O Messias, o Profeta Jesus (a paz esteve com ele) e Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele) irá irradiar luz sobre o mundo islâmico de lá. Portanto Judeus em Israel viverão seus dias como se eles estivessem no paraíso. Esta é a reconstrução do palácio do profeta Salomão (a paz esteve com ele) como é prometido na Torá. Mas será Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele) que vai fazer isso e Mahdi (a paz esteve com ele) irá protegê-los.

ENTREVISTA AO VIVO DE ADNAN OKTAR PARA DENGE TV
(14 de janeiro de 2009)


ADNAN OKTAR: Cristãos e Judeus são amados por nós. Mahdi (a paz esteve com ele) vai abraçá-las com amor e carinho, ele vai proteger e vigiá-los, dar-lhes a facilidade em sua adoração. Eles estarão muito contentes com Hazrat Mahdi (a paz esteve com ele). Isso significa que eles serão muito felizes e viverão em sua era de ouro durante o tempo de Hazrat Mahdi (as), Oxalá.

8 – O PROFETA MAOMÉ (QUE ALÁ O ABENÇOE E LHE DÊ PAZ) EXEMPLARMENTE CONDUZ O POVO DO LIVRO

ENTREVISTA AO VIVO DE ADNAN OKTAR A TEMPO TV
(10 de março de 2009)

ADNAN OKTAR: Nosso belo Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) era muito compassivo em relação aos Cristãos. Ele poderia ir e comer com eles, comer sua comida. Ele faria também o comércio com os Judeus e incentivar seus companheiros a fazê-lo. Nessa época, tanto os Cristãos e Judeus viveram suas vidas, como se estivessem no paraíso. Foi um período de paz e esplendor para eles.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR COM THE GULF TODAY (EMIRADOS ÁRABES UNIDOS)
(2 de novembro de 2008)


O Povo do Livro, o Povo de Israel, viveu em total facilidade na época do nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz). Eles também viviam em Jerusalém naquela época, na região de Israel. Eles foram felizes e prósperos e foram tratadas com amor e carinho. Alguém podia se casar com uma garota Judia, sentar em suas mesas, comer a comida que eles prepararam, visitar suas casas e ser amigo deles. Essa era a prática no tempo do Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) e sua Sunnah. E isso também se aplicava aos Cristãos. Como você sabe, uma das concubinas do nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) era cristã. Ela é nossa mãe, alguém que nos lembramos com carinho e respeito. Eu não estou falando sobre o Judaísmo sozinho. Os cristãos também são pessoas que devemos considerar como tendo o direito de viver em paz e felicidade, fartura e abundância, e da alegria da mesma.

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR PARA MALATYA
(7 de janeiro de 2009)

ADNAN OKTAR: o Povo do Livro é confiado a nós, foi o mesmo em tempos Otomanos, bem como durante o tempo do nosso Profeta (a paz esteve com ele). Vemos o mesmo no Alcorão e somos obrigados a proteger e protegê-los, para mostrar compaixão para com eles e amá-los. Não só em conformidade com suas crenças, mas nós os amamos muito como seres humanos e os nossos irmãos e os envolvemos em nossos braços. No entanto, se eles dizem (Allá. Está além disso) que Alá é um dos três, sem dúvida, Alá é Uno, assim, portanto, não concordaríamos com eles. Portanto, neste aspecto não temos de respeitar as suas orientações e nós não as obedeceríamos. Mas nós estamos certamente em unidade de deveres morais e são definitivamente nossos irmãos.

ENTREVISTA AO VIVO DE ADNAN OKTAR PARA ÇAY TV
(23 de janeiro de 2008)


Nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) costumava se encontrar com os Judeus, fazer negócios com eles e cultivar relações com eles. Ele também mantinha relacionamento com os Cristãos, e isso não é um mal.

9 -  OS JUDEUS SÃO DESCENDENTES DOS PROFETAS

ENTREVISTA DE ADNAN OKTAR A DER SPIEGEL
(14 de setembro de 2008)


Os judeus são pessoas muito valiosas. Eu amo muito os Judeus. Isaac, Jacob, Ismael, José e Salomão (que a paz esteja com todos eles) são todos nossos profetas, e eles são descendentes desta linhagem; portanto, aqueles que procuram eliminar a linhagem judaica pretendem eliminar a linhagem do profeta Abraão (a paz esteve com ele). É impensável para um Muçulmano de permanecer em silêncio diante de uma tentativa de eliminar a linhagem de um profeta. Um Muçulmano vai resistir a isto. Eu me oponho a isto, e eu rejeito e me oponho à opressão que os Judeus enfrentam, e qualquer tentativa de erradicá-los e todos os movimentos que visam ejetar-los de suas terras.

ENTREVISTA COM ADNAN OKTAR E CHOROUK ECH EL YOUMI (Argélia)
(17 de novembro de 2008)

ADNAN OKTAR: eles são todos descendentes do profeta Abraão (a paz esteve com ele), Palestinos e Israelenses são da mesma linhagem. O Judaísmo é também uma antiga religião do Islã, mas foi distorcida. No Alcorão, encontramos a elucidação destas partes distorcidas da Torá. A maioria dos Judeus vai perceber esse fato no tempo, que devem ser esclarecidas e explicadas a eles. Mesmo que eles não estejam convencidos, a sua habitação naquela região é indicada no Alcorão e todos os seus antepassados, pais e história se encontram lá. É aceitável para eles estabelecerem um estado lá e estarem situado nessa zona, não há nada de errado nisso. No entanto, é de importância que eles não deveriam empregar uma política agressiva. Eles moravam lá na época do nosso Profeta (que Allá o abençoe e lhe dê paz) e podem continuar a viver lá até o Dia do Juízo. Eles não devem transgredir e devem agir de forma coerente como sendo o Povo do Livro. Os cristãos são também os adeptos do Livro, e eles podem viver livremente como eles gostam, não há diferença entre Cristãos e Judeus em termos de ser o Povo do Livro. É claramente indicado no Alcorão que a conduta moderada e relações de amizade devem ser estabelecidos para eles. Leis que regem o Povo do Livro são muito claras e a orientação do nosso Profeta (que Alá o abençoe e lhe dê paz) está estabelecida, não há necessidade de encontrar este peculiar.

10 – OS MUÇULMANOS DEVERIAM SUPERVISIONAR OS JUDEUS
MAVİ ADNAN OKTAR'S KARADENİZ TV Interview
(3 de fevereiro de 2009)


Devemos cuidar seriamente de devotos Judeus em Israel, assim como supervisionamos a Palestina mais eficazmente. Eles são inteiramente nossos, alguns deles são filhos de Jacó (a paz esteve com ele), e outros são filhos de Ismael (a paz esteve com ele). Alguns deles são descendentes do profeta Jacó (a paz esteve com ele), alguns são descendentes do profeta Ismael (a paz esteve com ele). Eles são a linhagem dos profetas. Toda a nação e a raça vem dos profetas e eles são muito devotos e pessoas puras. Há Sionistas ateus e Maçons que estão incomodando eles. Há um grupo que visa destruí-los e faze-los destruir um ao outro. Precisamos trazê-los de lado, para retirar este clã mal e deixar os nossos irmãos e devotos puros da linhagem do profeta vivo na felicidade de lá. Uma política unilateral é errada, que não faça conformidade com a justiça ou a consciência. Não seria razoável também. E não podemos ignorar tamanha glória, porque os Judeus são muito devotos e pessoas dignas. Devemos definitivamente proteger e salvaguardá-los, mas ao mesmo tempo, devemos libertar os Palestinos a partir desses problemas, como nossos irmãos.

ENTREVISTA AO VIVO DE ADNAN OKTAR PARA KRAL KARADENİZ
(30 de janeiro de 2009)

ADNAN OKTAR: Há uma descrição na Torá que diz que antes de atacar o seu inimigo, você deve chamá-lo para a paz. Então isto diz que a paz vem de antemão. Assim, ele primeiro diz que "o que tenhamos feito que chegou a tal ponto, lamento e tenho me comportado mal, por favor me perdoe", e então ele decide atacar. Deveria agir de acordo com esta maneira de pensar. Mas há um outro atributo de Sionistas ateus, eles são extremamente covardes. O que precisamos fazer é cuidar de devotos Judeus  muito melhor e trazê-los para perto de nós. Isto significa que devemos ser mais emotivos, mais sinceros e determinados a trazê-los do nosso lado e assegurar que iremos guardá-los e protegê-los muito bem. Porque os Sionistas ateus têm um plano muito aparente. No momento eu estou escrevendo um livro detalhado sobre isso. Eles planejam matar Judeus, deixando apenas 144.000 deles. Veja que eles planejam matá-los até restar 144.000 judeus e eles estão se preparando para a guerra do Armageddon. Nós não vamos deixar isso acontecer e não vamos deixá-los matar os Judeus.

2010-03-23 05:30:53

About this site | fazer sua pagina inicial | Add to favorites | RSS Feed
todos os materiais publicados sobre este site internet podem ser copiados,imprimidos e distribuidos sempre abordando o site como referencia
(c) All publication rights of the personal photos of Mr. Adnan Oktar that are present in our website and in all other Harun Yahya works belong to Global Publication Ltd. Co. They cannot be used or published without prior consent even if used partially.
www.harunyahya.com Harun yahya @1994.Todos direitos reservados.Nossos materiais podem ser copiados,imprimidos e distribuidos colocando o site como referencia
page_top